tudo em minúsculo

Por , 4 Comentario
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

o que eu queria ninguém pode me dar.
o tempo tira, a vida soma,
as pessoas moderam.

o que eu queria ninguém pode falar
que é algo impossível, que é algo distante
ou que é algo fácil de acertar.

o que eu queria ninguém pode tratar
como se fosse um pedaço de qualquer coisa, como se fosse uma musica tola,
como se fosse um desejo difícil de desejar.

o que eu queria ninguém pode findar
pois minha alma é única, as pessoas são plurais
e este é um mundo singular.

quando eu puder vou viajar,
quando eu puder vou te ver,
quando eu puder vou te falar o quanto eu quis fazer você entender
que não me ignorasse e que não desistisse de mim.

dizer-te que é possível encontrar nessa vida o eu quiser ter.

enquanto puder vou te ajudar a sonhar,
visto que o que eu queria ninguém pode tirar,
não há nada que nós não possamos fazer.

neste vasto mundo não há quem me possa ensinar,
não há quem possa me dizer,
quem possa traduzir-me a melhor forma de se amar alguém.
não há quem possa se não você.

diga-me, como vamos agir com relação a isso?
diga-me, como vamos lidar com esse impasse?
você desaparece e me prova que eu estava errado,
ou você se mantém e me ajuda a amanhecer?

crescido, aceito que não há cabimento no agora.
mas reluto quando me afrontas e diz que o impossível não pode acontecer.

4 comentários

    • avatar Solange Maia says:

      Que texto sincero...
      De uma verdade que nem sempre é a que gostaríamos, mas é a que está aí... e é o que nos faz crescer, e querer, e desejar, e sonhar, e lutar....

      Muito bom
      Adorei !

      beijo

        • avatar Liza Santana says:

          Nem todos sabem o que realmente queremos...as vezes nem nós mesmos percebemos o que precisamos.

          Muito lindo Adriano!
          Parabéns.
          bjo

          COMENTÁRIOS AGORA