Momento de Aceitação

Por , 4 Comentario
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

Meu nome é Márisson, mas quase todo mundo me chama de Adriano.
Meu primeiro nome é muito complicado e de difícil lembrança.

Tenho 22 anos, mas tenho cara de 25. Tem gente que me dá 26.
Às vezes tenho papo de 12, às vezes papo de 50. Meio termo; pareço ter 25 mesmo.

Gosto de comer besteira. Adoro chocolate, biscoitos e café.
Não gosto muito de refrigerante, detesto chá. Prefiro iogurte.
Bebo. Às vezes fico bêbado. Parei mais com isso.

Conheço alguns restaurantes caros,

mas se eu tiver entrado e consumido em mais de dois isso foge à minha lembrança.

Acho que não saberia comer uma lagosta se eu me propusesse a isso.

Eu não comeria Caviar. É feio.
Gosto de talheres, mas me limito a dois. Pra mim é o suficiente.

Sempre estou de meias quando uso sapatos ou tênis.
Odeio aquelas soquetes. Acho ridículo.
Tenho dois pares, nunca uso.

Tenho uma boa eloqüência com as palavras, mas às vezes me confundo quanto à crase.
É... Nesse caso é com crase mesmo.
Eu poderia me propor reler uma gramática, mas tenho preguiça.

Ah! Tenho preguiça!
Às vezes dói. Às vezes morro.
Às vezes finjo que não estou com preguiça, que é só meio jeito descolado de ser alternativo.

Cara, eu não sou alternativo.
Acho massa quem é.

Esqueço de tudo!
Uma vez morri de procurar uma borracha que estava na minha mão.
Mas... isso não é só esquecimento. Ou é?
Não sei. Prefiro não saber das coisas quando isso me convém.

Nunca minto.
Às vezes escondo. Às vezes não conto. Às vezes não sou.
Mas não é mentira. Detesto mentira.

Sou destro. Queria escrever com as duas.
Tem gente que se achava o máximo porque escrevia com as duas... na 4ª série.
Hoje não serve pra porra nenhuma. Mas eu queria.

Eu queria ser mais rico, mas fico pedindo o Uno Mile do meu pai emprestado.
Tenho roupa que é mais cara do que eu poderia comprar. Mas são poucas peças.
Controlo o meu dinheiro, mas sempre fico muito liso quando é fim do mês.
Acho que o problema é que tem muitos dias num mês.

Mas eu queria ser mais rico.

Eu queria ser mais simples, mas sou gente.
E você, quem é?

4 comentários

  1. avatar vinte nove graus says:

    Me identificaria com uma meia dúzia de coisas que tu colocou ai...
    meu nome não é Marisson, é complicado, mas uso ele mesmo assim...
    não moro com meu pai, então por isso não posso pedir o carro dele emprestado.. E tenho vááários problemas com a gramatica, apesar de fazer jornalismo. Oo

    òtimo post, profundo e simples!!

    Wolney B.

    • avatar dexland says:

      Se eu fosse fazer um post desse,iria durar uns 20 min de leitura....

      Mas me identifiquei com algumas coisas.

      Por isso q gosto desse meu amigo.

      • avatar Pretinha says:

        Eu sou amiga do adriano, que me acostumei a chamá-lo assim no trabalho, mais nos tempos de escola era marisson, e eu adoro esse nome. Na verdade eu acho bonito. Eu adoro quando ele conversa comigo como se tivesse 12 anos, e amo os conselhos dele de 50, rsrsrsrsrsrsrs. Eu odeio quando ele fica com preguiça. Fica chato, mais depois que passa eu lembro e acho engraçado. NUnca o vi tomando chá, e não o imagino de terno e gravata comendo lagosta. Gramática seria o último livro que eu daria de presente pra ele. Ele não tem problemas com português. Restaurantes caros não combina com ele, não por não ser rico ou por nunca ter oportunidade, mais porque ele é feliz tomando tequila num bar da esquina com os amigos, apesar de não ser alternativo também, rsrsrsrsrsrs. Iogurte é a cara dele, mesmo no carnaval quando todo mundo toma refrigerante. Ele esquece de tudo, mais seria incapaz de esquecer o telefonde de uma pessoa especial. Ah e eu adoro quando ele pede o Fiat Uno do pai dele, o carro tem o cheiro do perfume dele... Eu acho ele vai ser rico, eu acho isso desde o Marista. Mesmo assim ás vezes me pergunto se eu conheço ele, porque ele me conhece demais.

          COMENTÁRIOS AGORA