Fantasia Dinâmica

Por , 4 Comentario
Compartilhar Facebook Compartilhar Twitter

“O principio dinâmico da

fantasia é brincar.”


A brincadeira às vezes acaba por desencadear sentimentos e ações provocadas quase sem querer. Abstendo-me do lado saudável da coisa, como um golpe do destino “o feitiço pode virar contra o feiticeiro”, “a bala pode sair pela culatra” ou, como também posso dizer, “provaria do meu próprio veneno” – Nossa, eu detesto frases feitas!

A questão é que sempre que criamos uma situação lúdica, criamo-nas. Tornamo-as aspectos consideráveis – mesmo que considerados indignos de apreço – viventes em nossa realidade, fazendo parte dos nossos planos, pensamentos. Basta pensar, logo existe.
Então fantasiar nada mais é do que brincar, criando fatos, construindo fundamentos, justificando o que provavelmente não possui bases.

Que poder, não?

Mas tem muita gente presa em fantasias... Presas por que foram enclausuradas num mundo fictício criado por outras pessoas, ou presas por livre e espontânea vontade - ou idiotice - na tentativa de “viver” num mundo diferente. Essas últimas são os piores tipos de CEGOS ou ILUDIDOS; aqueles que não querem ver que enganam a si mesmos.

Entretanto, não pare pra pensar muito nisso, afinal...
Isso é só uma brincadeira.

4 comentários

  1. avatar Pretinha says:

    KKKKKKKK gostei pretinho!!!! Tu devia ser escritor. COncordo que podemos estar no mundo da fantasia apenas porque queremos, mais ás vezes é melhor estar lá do que aqui. Odeio aquelas brincadeiras que tem um fundo de verdade sabe? Na verdade se vc for pensar bem todas têm, e eu as odeio por isso. Hehehehehehe

      • avatar Adriano Mariano says:

        auhauah... pretinha, escritor é liso. Se for pra ganhar pouco, prefiro fazer por hobby e dizer que isso é ter personalidade...rs.

          COMENTÁRIOS AGORA